Blockchain para o Mercado de Saúde

A Nokia, multinacional finlandesa, iniciou um projeto piloto de Blockchain que irá desenvolver novas maneiras de armazenamento de dados para o setor de Saúde.

Centenas de participantes optaram por apostar neste projeto que visa testar como eles poderiam armazenar e compartilhar seus dados de Saúde e, ao mesmo tempo, contar com a privacidade em torno dessas informações através da tecnologia Blockchain.

O Blockchain funciona como um livro de registro, análogo ao Livro Razão contábil, onde são registradas todas as transações de uma empresa. Só que ao invés de registrar em um livro, essas transações são salvas em uma rede P2P (peer-to-peer) distribuída (descentralizada), onde cada participante é um nó da rede. Cada membro da rede armazena uma cópia exata do Blockchain (contendo todos os registros já realizados. Cada transação é um “bloco” dentro de uma “corrente” de blocos. Cada vez que uma nova transação é registrada, o novo bloco é salvo no Blockchain e todos os nós se atualizam. Cada novo bloco é criptografado usando a chave do bloco anterior, o que torna os registros invioláveis.

De acordo com o Comunicado emitido pela Nokia, embora o valor do dado de Saúde conectados sejam amplamente reconhecido, sabe-se o potencial total, que geralmente não é aproveitado devido a autenticidade, disponibilidade e questões de privacidade. " A confiança é um requisito vital para os dados de Saúde para proporcionar o maior benefício para indivíduos, família e nossa sociedade global"

 

E se você quiser saber como implementar novas ferramentas e processos para ajudar a sua empresa a crescer ainda mais, enquanto torna seus colaboradores mais produtivos, ligue para a gente no 0800 014 0505. Nossos especialistas estão à disposição para te ajudar.

 

Texto redigido por:

Bruno Borghi – Business Development Manager.

Iniciou a carreira como vendedor na indústria têxtil e serigráfico, tonando-se dono de seu próprio negócio aos 19 anos. Graduado em Direito pela Universidade Paulista há 8 anos.

Está na COMPAREX há 10 meses com o objetivo de promover a transformação digital para a vertical de Healthcare com a função de BDM.